Programação Científica Preliminar

SIMPÓSIO (SEXTA E SÁBADO)
SALA ANFITEATRO / NOVARTIS
SEXTA - DIA 13
BLOCO 1 – EPIDEMIOLOGIA E DIAGNÓSTICO
Moderadores: Geraldo Vicente de Almeida e Ricardo Yuji Abe
8h00 às 8h05 Abertura Vital Paulino Costa
8h05 às 8h20 Cegueira por Glaucoma no mundo: Estamos melhorando a prevenção? Paulo Afonso Batista dos Santos
8h20 às 8h35 Genética e Glaucoma: Quem se beneficia de um teste genético? José Paulo Cabral de Vasconcellos
8h35 às 8h50 O que está por trás do controle 24 h da PIO? Anastasios G. P. Konstas (GRÉCIA)
8h50 às 9h05 O impacto do Glaucoma sobre a qualidade de vida Ricardo Yuji Abe
9h05 às 9h20 Como avaliar e seguir o paciente com disco óptico suspeito Ivan Maynart
9h20 às 9h35 Quando tratar o hipertenso ocular? Devo usar a calculadora de risco? Marcelo Hatanaka
9h35 às 10h00 PERGUNTAS E RESPOSTAS
10h00 às 10h30 INTERVALO - Visita à exposição de estandes
BLOCO 2 – DIAGNÓSTICO E PROGRESSÃO
Moderadores: Alberto Jorge Betinjane e Wilma Lelis Barboza
10h30 às 10h45 Highlights do Consenso da Associação Mundial de Glaucoma sobre Diagnóstico Augusto Paranhos Jr.
10h45 às 11h00 Goldmann, Pascal, Tonopen, Icare, ORA: Quando usá-los? Niro Kasahara
11h00 às 11h15 Alterações vasculares e pressão intracraniana no Glaucoma Emilio Rintaro Suzuki Jr.
11h15 às 11h30 Integrando estrutura e função no diagnóstico e progressão do Glaucoma Alexandre Soares Castro Reis
11h30 às 11h45 Como avaliar progressão no Glaucoma Jayme R. Vianna (CANADÁ)
11h45 às 12h00 Como seguir o paciente com Glaucoma avançado? Alessandro Jammal
12h00 às 12h15 O dano glaucomatoso pode ser revertido? L. Jay Katz (E.U.A.)
12h15 às 12h35 PERGUNTAS E RESPOSTAS
13h00 às 13h45 Simpósio especial Alcon (lanche box)
12h35 às 14h00 INTERVALO
Visita à exposição de estandes
BLOCO 3 – TRATAMENTO CLÍNICO E A LASER
Moderadores: Paulo Augusto de Arruda Mello e Camila E. Silva Zangalli
14h00 às 14h15 Olho seco iatrogênico e Glaucoma - empresa GENOM / União Química José Alvaro Pereira Gomes
14h15 às 14h30 A pressão parece controlada e o paciente segue progredindo. O que fazer? Jayter Silva de Paula
14h30 às 14h45 Combinações fixas e medicação máxima: novas perspectivas Marcelo Palis Ventura
14h45 às 15h00 Trabeculoplastia seletiva como tratamento inicial do Glaucoma Christiane Rolim de Moura
15h00 às 15h15 Otimizando o tratamento clínico do Glaucoma Anastasios G. P. Konstas (GRÉCIA)
15h15 às 15h30 Inteligência artificial no diagnóstico de Glaucoma: um futuro não tão distante Jayme R. Vianna (CANADÁ)
15h30 às 15h50 PERGUNTAS E RESPOSTAS
15h50 às 16h20 INTERVALO - Visita à exposição de estandes
BLOCO 4 - GLAUCOMA DE ÂNGULO FECHADO
Moderadores: Ralph Cohen e Alexandre Soares Castro Reis
16h20 às 16h35 Gonioscopia, UBM e OCT de segmento anterior no diagnóstico e acompanhamento do GPAF Sebastião Cronemberger
16h35 às 16h50 Iridotomia e iridoplastia: Quando indicar? Lisandro Sakata
16h50 às 17h05 Fechamento angular agudo: Como proceder? Ricardo Suzuki
17h05 às 17h20 Facoemulsificação em cristalino transparente: Quando indicar? Jair Giampani
17h20 às 17h35 Cirurgia combinada x Faco isolada em Glaucoma de ângulo fechado Wilma Lelis Barboza
17h35 às 17h50 Tratamento e prevenção do bloqueio ciliar Cristiano Caixeta Umbelino
17h50 às 18h10 PERGUNTAS E RESPOSTAS
SÁBADO - DIA 14
BLOCO 1 - GLAUCOMAS ESPECIAIS E MIGs
Moderadores: Vital Paulino Costa e Carmo Mandia Jr.
8h00 às 8h15 Dicas para diagnosticar e seguir o Glaucoma no alto míope Camila E. Silva Zangalli
8h15 às 8h30 Tratamento do Glaucoma neovascular e do Glaucoma secundário a óleo de silicone Peter A. Netland (E.U.A.)
8h30 às 8h45 Glaucoma Esfoliativo: o Desconhecido Anastasios G. P. Konstas (GRÉCIA)
8h45 às 9h00 Perfil de pacientes candidatos a MIGs Carlos Akira Omi
9h00 às 9h15 IStent®: técnica, resultados e indicações - empresa Glaukos Corporation L. Jay Katz (E.U.A.)
9h15 às 9h30 Xen: técnica, resultados e indicações Ingeborg Stalmans (BÉLGICA)
9h30 às 9h45 Micro Stent para cirurgia de Glaucoma Peter A. Netland (E.U.A.)
9h45 às 10h00 PERGUNTAS E RESPOSTAS
10h00 às 10h30 INTERVALO - Visita à exposição de estandes
BLOCO 2 - CIRURGIA 2
Moderadores: José Paulo Cabral de Vasconcellos e Ítalo Mundialino Marcon
10h30 às 10h45 Trabeculectomia: detalhes técnicos que fazem a diferença Remo Susanna Jr.
10h45 às 11h00 Catarata e Glaucoma: Como tratar? Peter A. Netland (E.U.A.)
11h00 às 11h15 Agulhamento: técnica e indicações Felício Aristóteles Da Silva
11h15 às 11h30 Anti-VEGF no Glaucoma Ingeborg Stalmans (BÉLGICA)
11h30 às 11h45 Implantes de drenagem Lineu Shiroma
11h45 às 12h00 O que fazer quando o tubo faliu? Vital Paulino Costa
12h00 às 12h15 Ciclofotocoagulação micropulsada Francisco Lima
12h15 às 12h35 PERGUNTAS E RESPOSTAS
13h00 às 13h45 Simpósio especial Allergan (lanche box)
12h35 às 14h00 INTERVALO
Visita à exposição de estandes
CURSOS PARALELOS (SÁBADO)
CURSO DE CAMPOS VISUAL
SALA PERNAMBUCO / ALLERGAN
Coordenadores: Rui Barroso Schimiti e José Paulo Cabral de Vasconcellos
14h00 às 14h15 Conceitos básicos: definição de campo visual, unidades de luminância, limiar de sensibilidade José Paulo Cabral de Vasconcellos
14h15 às 14h30 Índices de confiabilidade: perda de fixação, falso positivo, falso negativo Kleyton Barella
14h30 às 14h45 Gráficos: numérico, de tons cinza, Total Deviation e Pattern Deviation Eduardo de Lacerda Ferreira
14h45 às 15h00 Índices Globais (MD, PSD) e GHT Diego Tebaldi de Queiroz Barbosa
15h00 às 15h15 Artefatos que interferem na interpretação: efeito aprendizado, erros de refração, borda das lentes, pálpebras Graziela Massa Rezende
15h15 às 15h30 Fluxo de interpretação: como reunir todas as informações de modo a chegar a um laudo Vanessa Gonçalves Vidotti
15h30 às 15h45 PERGUNTAS E RESPOSTAS
15h45 às 16h15 INTERVALO - Visita à exposição de estandes
16h15 às 16h30 Diagnóstico de dano glaucomatoso ao campo visual: critérios e exemplos Thais Helena Moreira Passos
16h30 às 16h45 Diagnóstico de progressão de defeito de campo visual: eventos x tendência Rui Barroso Schimiti
16h45 às 17h00 FDT: Qual sua aplicação atual? Marcelo Jordão Lopes da Silva
17h00 às 17h15 Diagnóstico de defeito de campo visual com o Octopus Enyr Saran Arcieri
17h15 às 17h30 Diagnóstico de progressão de campo visual com o Octopus Luciana Bernardi
17h30 às 17h45 Casos intrigantes Marcelo Jordão Lopes da Silva
17h45 às 18h05 PERGUNTAS E RESPOSTAS
CURSO DE OCT
SALA DISTRITO FEDERAL / GENOM
Coordenadores: Alexandre Soares Castro Reis e Camila E. Silva Zangalli
14h00 às 14h15 Princípios do OCT e escaneamento e evolução da tecnologia: Time domain vs Spectraldomain Luiz Alberto Soares Melo
14h15 às 14h30 Spectralis, RTVue, Cirrus e Topcon: particularidades de cada aparelho Mauro Toledo Leite
14h30 às 14h45 Artefatos no OCT: como os artefatos e a qualidade do exame podem influenciar os resultados Carolina Pelegrini Barbosa Gracitelli
14h45 às 15h00 O uso do OCT no Glaucoma pré-perimétrico: o que é doença verdadeira e o que é doença “vermelha” Alexandre Soares Castro Reis
15h00 às 15h15 Diagnosticando progressão no OCT: dicas práticas Alberto Diniz-Filho
15h15 às 15h30 OCT em casos especiais: altos míopes e Glaucomas avançados Bruno Figueiredo
15h30 às 15h45 PERGUNTAS E RESPOSTAS
15h45 às 16h15 INTERVALO - Visita à exposição de estandes
16h15 às 16h30 Integrando estrutura e função: como o OCT ajuda a melhorar esta relação? Vital Paulino Costa
16h30 às 16h45 Avaliação do disco óptico com OCT: Minimum Rim Width, FoBMO e novas databases Camila E. Silva Zangalli
16h45 às 17h00 OCT angiography no Glaucoma Jayme R. Vianna (CANADÁ)
17h00 às 17h15 OCT de lamina cribrosa e coróide no Glaucoma Lucas Torres
17h15 às 17h30 OCT em doenças neuroftalmológicas Frederico Castelo Moura
17h30 às 17h45 Casos clínicos desafiadores Nikias Alves da Silva
17h45 às 18h00 PERGUNTAS E RESPOSTAS
CURSO DE SUSPEITO DE GLAUCOMA
SALA ANFITEATRO / NOVARTIS
Coordenadores: Vital Paulino Costa e Ricardo Yuji Abe
14h00 às 14h15 Definição de Suspeito de Glaucoma: Disco Óptico Suspeito e Hipertensão Ocular Cláudia Galvão Brochado da Silva
14h15 às 14h30 Quais os fatores de risco que aumentam a chance de um disco óptico suspeito evoluir para Glaucoma? Leonardo Seidi Shigueoka
14h30 às 14h45 Estereofotografia, HRT e OCT no paciente suspeito Roberto Murad Vessani
14h45 às 15h00 Perimetria acromática, FDT e Blue-Yellow no paciente suspeito Marcelo Mendonça
15h00 às 15h15 Como acompanhar o paciente com disco óptico suspeito e quando tratá-lo Vital Paulino Costa
15h15 às 15h45 PERGUNTAS E RESPOSTAS
15h45 às 16h15 INTERVALO - Visita à exposição de estandes
16h15 às 16h30 Como avaliar a PIO de pacientes com hipertensão ocular e disco óptico suspeito Rodrigo Rezende Gomes Avelino
16h30 às 16h45 Quais os fatores de risco que aumentam a chance do hipertenso ocular evoluir para Glaucoma? Heloisa Russ Giacometti
16h45 às 17h00 Quando tratar o hipertenso ocular Sergio Henrique Teixeira
17h00 às 17h15 Cirurgia refrativa e suspeito de Glaucoma: Como proceder? Tiago Prata
17h15 às 17h30 O que esperar da PIO após uma cirurgia de Catarata no hipertenso ocular Roberto Lauande Pimentel
17h30 às 18h00 PERGUNTAS E RESPOSTAS
* Programação sujeita a alterações.